O garoto do cachecol vermelho foi minha melhor leitura e considerado o melhor livro que li no ano de 2016 inteiro. Conhecendo a história desse livro, a escrita da autora e sua maneira de abordar assuntos que são importantes mas nem sempre recebem a atenção necessária, confesso que minha ansiedade para a Spin-off “A garota das Sapatilhas Brancas” está além da palavra e dos limites de ENORME. Hoje trago para você as minhas impressões e a forma como interpretei os sentimentos que me acometeram durante a leitura das primeiras 16 páginas desse livro que promete ser tão maravilhoso (E até mais) que o primeiro!




                 

SINOPSE ♥


Ele foi o farol que a salvou da escuridão. Ela devolveu as cores ao mundo dele. ” Da mesma autora de O garoto do cachecol vermelho.

Daniel vive a vida plenamente. Dono de um coração enorme, o jovem divide seu tempo entre duas paixões: a música e as causas sociais. Até que seu caminho cruza o de Melissa, uma bailarina preconceituosa e mesquinha, que põe à prova aquilo em que ele mais acredita: que todo mundo merece uma segunda chance. 
Este romance mostra, através das lembranças de diversos personagens já conhecidos em O garoto do cachecol vermelho e amados pelo leitor, como as nossas decisões podem afetar o nosso destino. 
Respire fundo e venha descobrir o que levou Daniel a ter tanta fé em Melissa, quando ninguém mais acreditava nela. Toda história tem dois lados, e agora é a vez de conhecer a do garoto do cachecol vermelho. 


                                   COMPRE PRÉ-VENDA NA AMAZON | SARAIVA


♥ MINHAS IMPRESSÕES ♥


Diferente do primeiro livro em que conhecemos a história do famoso Garoto do Cachecol Vermelho através dos olhos de Melissa, a protagonista do livro, em “A Garota das Sapatilhas Brancas” seremos apresentados a mesma história pelo próprio Garoto do Cachecol Vermelho nos trazendo sua visão sobre o que aconteceu antes e durante o 1° livro.

Logo no inicio somos (re) apresentados ao Daniel Oliveira Lobos sob a perspectiva de seu olhar artístico destacando fatos dos quais banalizamos, mas que reflete beleza todos os dias, associando a visão simplista do cotidiano à forma como enxergamos as pessoas, reparando apenas naquilo que nos interessa e ignorando a verdadeira “Beleza” que parte dos sentimentos, pensamentos e todas as cores que vibram da essência de um ser humano.


“Por que o fato de uma pessoa ser pobre, portadora de alguma deficiência, ter a pele de uma cor ou outra, ter uma orientação sexual qualquer as torna inferior aos sujeitos consideráveis “Normais” por esta sociedade de mente atrofiada?                                                     - Daniel



A autora, Ana Beatriz Brandão, aborda outros personagens e seus pontos de vista para certos acontecimentos antes da história se iniciar em “O garoto do Cachecol vermelho”, trazendo para os leitores uma visão mais ampla das atitudes e sentimentos de certos personagens.
Os primeiros capítulos são impactantes porque traz à deriva sentimentos dos quais você jamais imaginou sentir na vida real, são tão verdadeiros no decorrer da leitura que somos inseridos na cena que se desencadeia diante dos nossos olhos deixando com uma vontade imensa de interferir, de conversar, amar e ser presente na vida dos personagens  de tão intensos que eles são.



♥ CONSIDERAÇÕES FINAIS ♥


Assim como aconteceu, anteriormente, no livro “O garoto do cachecol vermelho” em “A garota das sapatilhas brancas”, só com a leitura de poucas páginas, reavive em você o amor pela vida, por seus amigos, sua família, o desejo de aproveitá-la da forma mais colorida e feliz que puder, de olhar para o céu e perceber que ele é composto muito mais do que seu “Tom azul”.

Desde o primeiro livro tive a consciência despertada de que as diferenças não existem para nos separar, rótulos não foram criados para serem pregados em pessoas dividindo-as por “Categoria” que não pode ser misturada aos “Produtos” aceitáveis por todos. As diferenças existem para compor a essência de um ser humano.  E neste livro isso é explícito!

A visão do Daniel é profunda e vai além do que seus olhos enxergam fisicamente, tem paixão nas suas verdades revelando que dali em diante na leitura o livro não tratará apenas de uma doença rara que atrofia e aprisiona o ser humano no corpo que já não lhe obedece, deixando-os enclausurado na própria mente. Mas de uma doença que atinge a todos na humanidade: A mente atrofiada da nossa Sociedade que lhe impede de aceitar as diferenças e lhe diz que  julgá-las é o certo a se fazer, sem pensar nos sentimentos e pensamentos do próximo.

Eu mal posso esperar pelo lançamento oficial e saber mais sobre essa história e esses personagens fantásticos <3





♥ PARA LER aNTES ;) ♥




Melissa é uma garota linda, rica e mimada, que sempre consegue o que quer e tem todos na palma da mão. Ela acredita que a carreira de bailarina é a única coisa que realmente importa, porém suas certezas são abaladas quando faz uma aposta com um garoto misterioso, que parece ter como objetivo virar sua vida de cabeça para baixo. De repente, Melissa se vê dividida entre dois caminhos: realizar seu maior sonho, pelo qual batalhou a vida inteira, ou viver um grande amor. Mas, não importa aonde ela vá, todas as direções apontam para o garoto do cachecol vermelho. Com esta história intensa e apaixonante, Ana Beatriz Brandão vai emocionar e surpreender o leitor, provando que é uma jovem autora que tem muito a dizer.


10 Comentários

  1. Oi Juliana, infelizmente ainda não tive o prazer de ler nem este livro e nem o do garoto do Cachecol Azul. Primeiro sou encantada por ambas as capas, e segundo as reflexões que o enredo trás são muito importantes, ainda mais em um mundo tão intolerante em que vivemos.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  2. Ah!!! Eu li O Garoto do Cachecol vermelho e achei a história linda demais, chorei muito.
    Agora fico imaginando a história na visão dele.. Vou chorar muito!
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Sou doida para ler O garoto do cachecol vermelho e agora A garota das sapatilhas brancas. Ler suas primeiras impressões me deixou ainda mais curiosa. Tenho certeza que é o tipo de leitura que me agradará. Pela história e pelos temas abordados pela autora, parece ser uma leitura muito emocionante.
    Espero ler em breve.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem Juliana?

    Eu já vi esse livro por alto, não tinha lido a fundo sobre ele. Achei a capa muito bonita e bem feita. Infelizmente por agora o livro não despertou a minha curiosidade, vou aguardar a sua resenha.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Olá, Eu já tinha muita vontade de ler esses dois livros, e agora com esse post, vejo que tenho que ler logo, O Garoto do Cachecol vermelho e ficar aguardando o lançamento do outro. Amei...Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Eu tenho curiosidade para ler O garoto do cachecol vermelho há algum tempo, mas ainda não tive a oportunidade.
    Antes de ler suas impressões, eu achava que esse lançamento seria uma continuação do outro. Então, me surpreendi ao saber que é a mesma história pelo ponto de vista de outro personagem.
    No entanto, pelo que percebi das suas impressões, isso não torna o livro menos interessante e acredito que ver a história pela perspectiva do Daniel deve ser bem legal. Espero que você continue gostando da leitura e que o livro atenda às suas expectativas.
    Com certeza, eu vou querer ler esse e o livro anterior.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi!!
    Lembro que quando O garoto do cachecol vermelho foiu lançado eu fiquei apaixonada pela capa, mas ainda não tive oportunidade de ler ele.
    Esse novo livro da autora está ainda mais lindo e eu espero poder ler os livros.
    É tão bom quando nos apaixonamos por uma leitura que nos faz ficar a espera por algo mais, eu costumo ficar muito ansiosa com leituras assim.
    Ainnn eu preciso ler os dois livros, eu gosto de poder conhecer a história pela visão de mais de um personagem, isso faz a gente conhecer melhor os personagens e prestar atenção em detalhes que não percebemos antes.
    Fiquei muito entusiasmada em procurar os livros.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. olá... eu tinha visto muita divulgação do livro anterior a esse mas a premissa da história não faz meu gênero...mas nao duvido que seja uma boa obra pra quem curte esse tipo de leitura... fiquei sabendo recentemente desse novo livro... espero queo desfecho te surpreenda, só um aperitivo do livro te encantou, imagina ele todo...
    bjs :D

    ResponderExcluir
  9. Oie
    já li um livro da autora e gostei bastante, é ótimo quando estamos procurando algo para descontrair, então fiquei mega curiosa por esse lançamento e já quero, amei a capa

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Muito interessante! Não lembro se coloquei na estante do Skoob, mas a resenha me deixou ainda mais curiosa. Beijos e sucesso!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir